Making of – Página 6

Por Netho Diaz

Desenhar quadrinhos não é apenas fazer uma série de desenhos soltos em uma página. Um desenhista de quadrinhos precisa dar uma narrativa apropriada ao texto. Ele está contando uma história, logo tudo o que aparece nesta página deve contribuir para que esta história seja contada, de forma fluída e compreensível para o leitor.

Portanto, devemos observar certos aspectos na hora de criar uma página. É preciso extrair toda a ideia do roteiro, procurando a melhor forma de traduzir isso em imagens fielmente. Devemos guiar o leitor pelos acontecimentos, desenvolvendo transições para os próximos quadros com uma certa dinâmica, e fazendo a história seguir sempre em frente. Neste post vou analisar um pouco deste processo.

Primeiro dou uma lida no roteiro prestando bastante atenção nos detalhes.

roteiro

Basicamente, tinha que mostrar um veículo se locomovendo. Agora, como fazer dessa página algo visualmente interessante?

Aqui faço um esboço inicial. Nada muito complexo, apenas rabiscos rápidos que servem para organizar as idéias e começar a imaginar como farei a cena. Este layout básico também é enviado para o Deyvison que aprovou sem grandes problemas.

Então eu vou para a página. Uso uma variação nos tamanhos dos painéis. Isso já quebra o padrão comum, aumentando ou diminuindo o tempo de exposição do leitor a um determinado quadro. Outro ponto importante neste momento é a quantidade de falas em cada quadro, já que a página tinha uma massa de texto considerável, então era preciso deixar isso bem demarcado para não arruinar o trabalho do letrista (que nesse caso é o autor da HQ :P ).

esboco_e_esquema

Em seguida desenvolvi o fluxo de movimento do carro. A ideia é estimular a chamada “leitura em zigue e zague”, fazendo com que os olhos do leitor percorram por toda a página. Cada movimento, cada elemento de cena indicando a posição do veículo no quadro seguinte. Neste ponto busco perspectivas diferentes e ângulos que aproveitem bem a página, mostrando ao máximo o cenário.

Assim, uma página simples que não tinha muito o que mostrar, ficou visualmente interessante. E podemos sentir o veiculo se locomovendo pela página inteira quando olhamos de um quadro para o outro.

Até.